- Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here


Seguindo o planejamento estratégico de combate à criminalidade da Secretaria de Segurança Pública em todo estado, forças policiais ocupam as ruas de Cruzeiro do Sul na noite desta quinta-feira, 31, em ação integrada.

Mais de 100 homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), militares do 6° Batalhão de Policia Militar de Cruzeiro do Sul, Companhia de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) e agentes da Polícia Civil, estão envolvidos na ação.


Operação Integrada conta com apoio do exército (Foto: Assessoria Sisp)

Além de todo esse efetivo, tropas do 61° Batalhão de Infantaria de Selva apoiam a fiscalização das rodovias que dão acesso à região do Juruá com abordagens e vistorias à veículos. O apoio é resultado de acordo entre o governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, junto à 17ª Brigada de Infantaria de Selva que se uniu às forças de segurança do Acre na promoção da cultura de paz na região.

Segundo o secretário adjunto de Segurança Pública, Coronel Glayson Dantas, as ações se subdividem na cidade e também com patrulhamento nas vias fluviais.

“Estamos nas ruas de Cruzeiro do Sul fazendo patrulhamento tanto fluvial, quanto terrestre. As operações vão perdurar pela madrugada, sem horário, sem recuar e sem temer, avançando sempre contra a criminalidade”, pontuou o secretário.

O tenente coronel Antonio Teles, comandante da Companhia Raio, destacou a integração entre as forças policiais.

“Essa é uma operação integrada que já havia sido planejada no vale do Juruá. Estamos aqui com a Companhia Raio, Bope e o Batalhão de Policiamento Ambiental. Com isso, a PMAC cumpre seu papel de servir e proteger de uma forma integrada sendo orquestrada pelo Sistema Integrado de Segurança Pública”, pontuou Teles.

As ações ocorrem tanto por via terrestre quanto fluvial (Foto: Assessoria Sisp)


Operação Focus

Nesta quinta feira, 31, as forças de segurança apresentaram, em Cruzeiro do Sul, os primeiros resultados da Operação Focus, realizada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar e Exército. A operação durou mais de 30 horas. Foram 17 prisões, entre os quais estão os suspeitos de terem executado na última quarta feira, 30, o agente penitenciário Gilcir Vieira da Silva.
Trabalho contínuo

O governo do Estado, por meio das Polícias Civil e Militar, tem atuado firmemente no combate ao crime em todo o estado, para promover uma cultura de paz tanto na capital, quanto no interior. As forças de segurança tem realizado diversas ações nos municípios, seguindo as diretrizes do planejamento estratégico de combate à criminalidade da Segurança Pública do Acre.

O Estado e suas forças de segurança apontam que o principal causador desses crimes é o narcotráfico e a omissão do governo Federal no controle das fronteiras, por onde passam as drogas comercializadas no território brasileiro. Porém, apesar da negligência da União no fortalecimento das instituições federais, o Exército Brasileiro tem sido parceiro do governo do Estado na manutenção da paz.

O governador Tião Viana vem, nos últimos anos, constantemente cobrando as ações necessárias da União para o combate ao tráfico de drogas nos rios, estradas e ramais que dão acesso aos países Peru e Bolívia.

No início deste mês, uma operação deflagrada simultaneamente em Sena Madureira, Manoel Urbano, Cruzeiro do Sul, além da capital, Rio Branco, deu cumprimento à 51 mandados.

O processo de interiorização da segurança também tem trazido resultados positivos, a exemplo da instalação das delegacias de combate ao crime organizado e de repressão a entorpecentes em Cruzeiro do Sul.

Só em março e abril deste ano, a Polícia Civil apreendeu mais de 170 quilos de drogas na região, de onde os rios seguem para o Rio Solimões, no Amazonas, rota historicamente usada para o tráfico e motivo de disputa entre as organizações criminosas.

Já a Polícia Militar também levou a Companhia Raio para Sena Madureira, Cruzeiro do Sul e Brasileia, fortalecendo as ações nos municípios.

Leia também: Violência e narcotráfico passam pelas fronteiras; dever do governo federal


Fonte: http://www.agencia.ac.gov.br

Videos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages