Jurista Hélio Bicudo morre aos 96 anos - Giro Feijó

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Jurista Hélio Bicudo morre aos 96 anos

Jurista Hélio Bicudo morre aos 96 anos

Share This
O jurista e político Hélio Bicudo, de 96 anos, morreu na manhã desta terça-feira (31) em sua casa, nos Jardins, em São Paulo. Os locais do velório e do enterro ainda não foram divulgados.
Professor de direito do Largo São Francisco e ex-integrante do Partido dos Trabalhadores (PT), Bicudo foi um dos autores do pedido de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados em 2015.
Hélio Bicudo posa para foto em sua casa no bairro do Morumbi, em São Paulo, em novembro de 2006 (Foto: Patrícia Santos/Estadão Conteúdo/G1)
Ativista dos Direitos Humanos, ficou conhecido por condenar integrantes do Esquadrão da Morte, uma organização paramilitar que agia em São Paulo nos anos 70, época em que era promotor.
Posteriormente, o jurista atuou como procurador de Justiça do Estado de São Paulo. Em 86, Bicudo filiou-se ao PT e foi candidato ao Senado. Foi secretário dos Negócios Jurídicos do município de São Paulo na gestão da ex-prefeita Luiza Erundina entre 1989 a 1990, ano em que se elegeu deputado federal.
Hélio Bicudo posa em frente à Galeria dos Ex-presidentes da Comissão de Direitos Humanos e Minorias na Câmara dos Deputados, em Brasília (Foto: Luiz Alves/Câmara dos Deputados)
Em 2000, foi empossado presidente da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, com sede em Washington, nos Estados Unidos. Entre 2001 e 2004, foi vice-prefeito de São Paulo durante a gestão da petista Marta Suplicy. Em 2005, Bicudo deixou o PT.
Ele deixa sete filhos, netos e bisnetos. Ele estava viúvo desde março, data em que sua mulher Déa faleceu.
fonte  g1.globo.com

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Videos

Pages